FRETE GRÁTIS em compras a partir de R$ 350,00.
Óleo Essencial Manavao GT Madagascar 5 ml

Óleo Essencial Manavao GT Madagascar 5 ml

Oleorresina Mirra-Da-Índia (Guggulu) GT Índia 5 ml

Oleorresina Mirra-Da-Índia (Guggulu) GT Índia 5 ml

Óleo Essencial Angélica Sementes GT Inglaterra 5 ml

R$ 283,00
6x R$ 47,17

ou R$268,85 à vista

Nome botânico: Angelica archangelica
Origem: Inglaterra
Parte utilizada: Sementes
Método de extração: À vapor
Volume: 5 ml

Disponibilidade: Em estoque
SKU
011007

DESCRIÇÃO
Angélica (Angelica archangelica) é uma planta nativa do norte da Europa, embora alguns botânicos argumentem que ela se originou na Síria. Pertencente a divisão Angiospermae, da família Apiaceae.
Durante seu primeiro ano, ela cresce apenas folhas, mas durante o segundo ano, seu caule canelado pode atingir uma altura de 2,5 metros, nas extremidades se encontram as flores dispostas numa inflorescência em forma de umbela e a raiz é usada em preparações de temperos.
O óleo essencial extraído de suas raízes é mais concentrado e forte em comparação ao óleo obtido de suas sementes, embora esta variedade seja mais difícil de ser extraída.
No Brasil é muito comum as pessoas confundirem a angélica verdadeira com as flores de tuberosa (Polianthes tuberosa). São plantas e óleos totalmente distintos.

PROPRIEDADES
A angélica (Angelica archangelica) é comumente conhecida como uma planta de alimentos aromáticos usada em procedimentos culinários como um agente aromatizador. No sistema de medicina tradicional, é considerada uma "planta anjo" devido ao seu milagroso poder curativo. Vários experimentos in vivo e in vitro validaram que a planta possui amplo potencial farmacológico. As atividades biológicas atribuídas à planta incluem atividade anti-ansiedade, atividade anticonvulsiva, melhorador de cognição, atividade antiviral, potencial inibidor de colinesterase, atividade anti-inflamatória, atividade gastroprotetora e atividade radioprotetora. Os efeitos benéficos da planta são creditados aos seus componentes bioativos, ou seja, cumarinas e óleos voláteis que tem em seus princípios ativos o pineno, o limoneno, mirceno e o felandreno que é de ação digestiva e carminativa (elimina os gases) e de atividade antifúngica, apresentando forte atividade contra um isolado clínico de Candida albicans. Foi feito um estudo para avaliar a atividade antibacteriana do óleo essencial de raiz de angélica contra Staphylococcus aureus e Escherichia coli. De acordo com os resultados obtidos, o óleo essencial pode ser aplicado como um conservante natural nos alimentos e como antibiótico natural para o tratamento de diversas doenças infecciosas causadas por essas duas bactérias. (pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30428212)
É um óleo essencial rico em terpenos, que proporcionam atividade anti-inflamatória que pode explicar possível atividade analgésica. O mirceno é um monoterpeno acíclico com propriedades analgésicas. Atua tanto em locais centrais quanto periféricos e demonstrou ter um forte efeito analgésico em alguns tipos de dor induzida. O mirceno pode constituir uma liderança para o desenvolvimento de novos analgésicos periféricos com um perfil de ação diferente das drogas semelhantes à aspirina. (pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/1753786)
Em dores musculoesqueléticas, o óleo essencial de raiz de angélica pode ser utilizado em uma mistura de massagem para recuperação dos movimentos, possivelmente com pimenta-do-reino, noz-moscada, semente de coentro, sálvia, manjerona e baga de junípero. Em investigação in vivo, foi induzida a fibromialgia, administrando reserpina em camundongos. Os camundongos foram tratados oralmente com extrato e o tratamento atenuou a dor. Exerceu seus efeitos benéficos na fibromialgia possivelmente através da atenuação da cascata inflamatória mediada pelo estresse oxidativo. (pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/33047814)
Foi testado em modelos in vitro apropriados, a eficácia para propriedades anti-inflamatórias. Os resultados demonstraram que o óleo essencial induziu apoptose significativa e necrose em altas doses em células U937.
Esses resultados fornecem base notável para o desenvolvimento/formulação de novos medicamentos para futuros usos clínicos e novos produtos alimentares ou suplementos alimentares para inflamação contrastante. (pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30156459)
Com relação a ação contra a hepatotoxidade, uma única dose de etanol foi usada como hepatotóxico em camundongos. Foi concluído que a planta angélica age como um agente citoprotetor eficaz contra a hepatotoxicidade induzida pelo etanol crônico, possivelmente através da inibição da produção de radicais livres de oxigênio que causam peroxidação lipídica, e, portanto, protege indiretamente o fígado do estresse oxidativo. (pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/12711833)
O óleo essencial de angélica pode apresentar sensibilidade em peles sensíveis. É recomendável evitar em banhos ou massagem se a pele for sensível. Também é fototóxico, por isso não use na pele antes do contato direto com a luz solar. Evitar utilizar em grávida ou diabético.

EMOCIONAL
O óleo essencial de angélica (Angelica archangelica), ajuda no reconhecimento de padrões emocionais e relacionamentos que impedem o crescimento pessoal. Auxilia a reconhecer e integrar-se ao momento presente, trazendo estabilidade. Combate a falta de esperança e a falta de estímulo diante da vida. Estimula o lado direito do cérebro facilitando a autoexpressão e o desenvolvimento da criatividade.

PERFUMARIA
O óleo essencial de angélica (Angelica archangelica) possui aroma de terra com o cheiro herbáceo do musky ou almíscar mais fresco e picante com toques de pimenta verde fresca.
Nota de perfumaria: Base
Persistência da nota inicial: De média a alta.

SEGURANÇA

  • - Os óleos essenciais são matérias-primas que possuem múltiplas aplicabilidades e formas de uso, ambas variam de acordo com a finalidade e o benefício almejados. Em caso de dúvidas, procure a orientação de um aromaterapeuta qualificado para recomendação de uso e de posologia adequados e seguros para a sua individualidade.
    - Guarde seus óleos essenciais em lugar longe do alcance de crianças e animais domésticos.
    - Não aplique óleos essenciais próximo a região dos olhos.
    - Não aplique óleos essenciais puros sobre a pele, salvo orientação expressa de um aromaterapeuta qualificado.
    - Não aplique aromaterapia em bebês menores de três meses, salvo orientação expressa de um aromaterapeuta qualificado.
    - Não utilize óleo mineral e seus derivados como veículos de diluição, pois eles prejudicam a absorção dos óleos essenciais.
    - Alguns óleos essenciais apresentam contraindicações e/ou restrições de uso para gestantes, lactantes, bebês, crianças, idosos, e pessoas submetidas a tratamentos medicamentosos (físico, neurológico e/ou psiquiátrico). Para esses públicos e casos é recomendado pesquisar em literatura especializada ou consultar um aromaterapeuta qualificado para receber orientação individualizada. Para sua segurança, antes de usar um novo óleo essencial sempre faça o teste de sensibilidade cutânea, mesmo que a forma de uso seja apenas por inalação.
    - Aplique uma gota do óleo essencial misturado com uma gota de óleo carreador na face interna do antebraço e aguarde 24 horas. Se apresentar algum mal estar, irritação no local da aplicação ou em outro local do corpo, não utilize o produto e procure orientação de um aromaterapeuta qualificado.
    - A Laszlo não se responsabiliza pelo uso indevido dos produtos.

CONSERVAÇÃO
Os óleos essenciais são sensíveis à radiação UV, ao calor, à umidade e à evaporação gradual dos seus constituintes. É importante manter os óleos essenciais em frascos escuros, protegidos da luz, calor e umidade e com a tampa bem fechada. Em cidades quentes ou no verão, após abertos, guardar os óleos essenciais, preferencialmente na geladeira em uma caixinha com tampa, ajuda a manter sua qualidade inalterada por mais tempo.

RECEITAS
Óleo de Massagem Analgésico
Útil para massagear o corpo e aliviar as dores recuperando o movimento.

Ingredientes:
- 67 ml de óleo graxo de coco palmiste (Elaeis guineensis)
- 30 ml de óleo graxo de maracujá-sementes (Passiflora eduli)
- 36 gotas de óleo essencial de angélica (Angelica archangelica)
- 15 gotas de óleo essencial de manjerona (Origanum majorana)
- 15 gotas de óleo essencial das bagas de junípero comum (Juniperus communis)
Em um vidro âmbar de 100 ml, colocar o óleo de maracujá-sementes e acrescentar os óleos essenciais. Acrescentar o óleo de coco até completar o volume. Tampar e misturar bem. Estará pronto para uso em massagem.

Roll-on Enraizamento
Útil para quando é necessário voltar às suas raízes, às suas origens. Inspirar ideias de paz, o que ajudará na tomada de decisões. Promove direcionamento e firmeza

Ingredientes:
-Frasco Roll-on de 10ml
-4 gotas de óleo essencial de angélica (Angelica archangelica)
-4 gotas de óleo essencial de vetiver (Chrysopogon zizanioides)
-4 gotas de óleo essencial de patchouli (Pogostemon cablin)
-10 ml de óleo graxo de avelã (Corylus avellana)

Como fazer:
Misturar direto no frasco, o óleo de avelã com os óleos essenciais, tampar e misturar bem.
Aplicar nos pulsos, testa, atrás das orelhas e na parte de trás do pescoço. Passar nas palmas das mãos, esfregar uma na outra e inalar fazendo conchinha cobrindo o nariz.

Borrifador Proteção Arcanjo Miguel
Útil para limpar o ambiente de energias dissonantes

Ingredientes:
- 50 ml de álcool (álcool de cereais ou álcool comum)
- 66 gotas de óleo essencial de angélica (Angelica archangelica)
- 47 ml de água filtrada

Como fazer:
Em um recipiente borrifador de 100 ml, colocar o álcool e o óleo essencial. Misture bem. Após estar bem diluído, acrescentar a água.
Estará pronto para borrifar no ambiente ou em torno do corpo promovendo a limpeza vibracional e equilíbrio energético.

CURIOSIDADES
Na Alemanha, a angélica (Angelica archangelica) foi historicamente conhecida como o "óleo dos anjos", em parte por causa de sua capacidade de acalmar a ansiedade, restaurar memórias felizes e trazer um sono tranquilo, assim como também por que era tradicionalmente usado para rituais de purificação e como protetor contra o contágio da peste negra durante a idade média.
Segundo a tradição popular, as propriedades terapêuticas da angélica foram reveladas a um monge, durante o tempo da peste, pelo Arcanjo Miguel. Além disso, diz-se que a planta floresce no dia deste arcanjo, e, portanto, acredita-se que protege contra espíritos malignos, feitiços e encantamentos, tornando-se conhecida como a raiz do Espírito Santo.

Escreva sua Própria Avaliação
Você está avaliando:Óleo Essencial Angélica Sementes GT Inglaterra 5 ml